Vietnã e a Moda – por Fe Prats


 

acessorios_na_latelier

Durante meu mês em Hanoi, percebi nos vietnamitas uma atitude muito saudável com relação ao próprio estilo – se vestem como querem, valorizam o que fica bem no corpo e não estão nem aí para o que os outros vão pensar.

Influências, tendências, particularidades? Claro que tem. Vem ver…

(mais…)

 
 
 
 

Fe Prats e uma semana de moda (muito!) diferente


 

Assistir aos desfiles de uma semana de moda no Sri Lanka foi uma experiência totalmente diferente – da estrutura do evento às coleções apresentadas e ao estilo dos convidados. Nada a ver com a São Paulo Fashion Week, que acompanho há anos…

jun_nakao_epic_runway_show_collage_by_pratserie

Jun Nakao, meu desfile preferido de todas as SPFWs

A Colombo Fashion Week tem 13 anos, está entre as 3 mais importantes semanas de moda do sudeste asiático e é a mais internacional delas, incorporando marcas de países vizinhos como Índia, Paquistão e Bangladesh. Já nossa SPFW, que este ano completa 21, é a mais importante de América Latina e quinta maior semana de moda no ranking internacional. A comparação é desleal, eu sei, mas confesso que precisei de um tempo para esquecer minhas referências entrar no clima… Só contando todos os detalhes para vocês entenderem! 

Este é um relato pessoal, com minhas impressões sobre o que vi na segunda noite de desfiles:

sri_lankan_fashion_blog_Fernanda_Prats

Desfiles: Bibi Russel (foto Prishan Pandithage) – Charini Suriyage (foto Dylan Seedin) – Chamant Chauhan

(mais…)

 
 
 
 

Las Vegas para iniciantes


 

greetings from las vegas

Welcome to fabulous Las Vegas!

Este é meu terceiro dia nessa cidade muito louca (que eu não conhecia), e ainda tenho mais três pela frente. Ou seja, não consigo me sentir segura para fazer um post definitivo sobre Vegas. Mas já tenho alguns pensamentinhos aqui na minha cabeça. E algumas dicas também.

Antes de começar, já aviso que estou mostrando muita coisa pelo insta (@julianaali) e pelo snapchat (julianaeamoda). Sem falar que no final vou fazer um videozinho resumo pra postar aqui. Então vem comigo, hein?

(mais…)

 
 
 
 

Malásia chic, por Fe Prats


 

kek-lok-si-temple-pratserie

Como boa libriana que sou, vivo tentando equilibrar todas as coisas.

Só que, às vezes, a gente tem que escolher entre ser justa ou ser autêntica. Por isso optei, dois posts atrás, por revelar meu impacto inicial com o lado D (de deprimente) do estilo na Malásia (clica aqui para ler).

Mas, agora, vou colocar na balança o lado mais interessante e SEM DEPRÊ do país – depois de 40 dias me dividindo entre Penang e a capital, Kuala Lumpur. Aí você pode comparar e decidir o que pesa mais:

(mais…)

 
 
 
 

Bali Boom – Por Fe Prats


 

Bingin Beach - surfer

Vários participantes do Remote Year deram “um pulinho” em Bali durante nossa temporada em Penang, por ser fácil e barato viajar pra lá a partir da Malásia.

Bom, vocês já sabem que prefiro pular apenas nas fotos pro Insta… E realmente vivenciar o cotidiano dos lugares pra onde viajo. Então dediquei 30 dias para explorar essa famosa ilha da Indonésia.

Não sabia bem o que esperar de Bali, minhas referências vinham dos amigos surfistas e do livro “Comer, Rezar, Amar”. Descobri que um mês é pouco para desvendar toda a mística que envolve o lugar, mas foi o prazo que meu visto de turista permitia…

(mais…)

 
 
 
 

Malásia & Singapura: Antidepressivo fashion, por Fe Prats


 

Você, que é uma pessoa antenada e de bom gosto, provavelmente não está precisando ver bizarrices fashion agora. Por outro lado, quem não curte dar umas boas risadas, nem que seja de espanto?

Vou te mostrar algumas imagens que podem causar um certo transtorno (já aviso!): vitrines medonhas, roupas horrorosas e estilos bizarros de vestir.

Mas, calma! Depois da tortura, ofereço uma boa dose de antídoto! Prometo que este post terá um final feliz. Preparados?

chinela doida

(mais…)

 
 
 
 

Nômades Digitais, parte II – por Fe Prats


 

fe trabalhando

Passei o mês de outubro na Malásia e logo, logo vou contar como é a moda e o estilo de vida por lá. Mas, antes, tenho que cumprir a promessa de complementar o post dos Nômades Digitais (lembra dele? clica aqui). (mais…)

 
 
 
 

Fe Prats e a moda de Istambul


 

Sei que prometi mais looks dos Nômades Digitais e estou preparando um post especial mostrando o que a turma do Remote Year leva na mala… Mas antes quero contar de Istambul.

istambul 1

Passei mais de um mês na famosa cidade da Turquia e pude ver mais que os pontos turísticos. Inclusive, lá tem um bairro chamado Moda! (mais…)

 
 
 
 

Fe Prats, a Croácia e “esses tais nômades digitais”


 

vista linda 3

Imagine tomar seu café da manhã com uma vista destas. Caminhar para o trabalho à sombra de figueiras e eventualmente colher o lanchinho da manhã por ali mesmo. No lugar de prédios e poluição, ar perfumado e o mar transparente convidando para um mergulho a qualquer hora do dia ou da noite – e, se deixar a bolsa na areia ou voltar pela rua enrolada na toalha… Sem problemas!

vista linda 2

linda vista

Assim era meu “vidão” em Cavtat, na Croácia.

cavtat croacia

Chato, né?

Tive que passar um mês inteiro de alto verão nessa praia europeia por conta do itinerário do Remote Year. Tudo configurando um clima de férias fashion. Mesmo na cidade mais próxima, Dubrovnik, seria difícil levantar novidades de moda, conhecer influencers ou fotografar gente descolada pelas ruas. Claro que meu olhar detectava alguns detalhes interessantes nos looks dos turistas, mas nada que rendesse um post.

Então virei o foco para o pessoal que trabalhava à minha volta. Ali estavam os melhores exemplos de uma tendência super atual de lifestyle: o nomadismo digital.

fe nomade

Isso eu posso contar para vocês com conhecimento de causa. Quem somos, de onde viemos e com que roupa vamos!

Por conta do tempo perdido com locomoção nas metrópoles, certas empresas começaram a liberar seus funcionários da presença física – principalmente em tarefas ligadas à tecnologia, que poderiam ser feitas sem sair de casa. Com o emprego garantido, a pessoa poderia morar em qualquer lugar do mundo.

foto digital nomad copy

workspace-aeroporto

workspace-republika

workspace

workspacehotelcroatia

workspacehotelcroatia2

Imagens como as que você acaba de ver começaram a pipocar nas redes sociais, inspirando mais gente a adotar o estilo de vida. Aí eu me incluo em dobro, por compartilhar esse sonho de viajar trabalhando/trabalhar viajando e também por espalhar minhas imagens e textos pela web.

Mas, Fernanda, você não vai sobreviver UM ANO só com UMA MALA pra roupa, sapato, acessórios, produtos de beleza, equipamentos, remédios, documentos. De jeito nenhum!! Só que vou sim! Estou conseguindo VIVER assim há quase quatro meses. A cada dia descubro um jeito novo de ser nômade digital, mantendo minha essência e o amor à moda.

Confesso que deixei de lado meu passo-a-passo para arrumação de mala e o resultado não tem nada a ver com o que mostrei aqui antes. Primeiro porque o critério de seleção não foi a praticidade. Resolvi desapegar geral e ficar apenas com as coisas que trouxe comigo – simplesmente o que não tive coragem de me desfazer. Sorte que sempre comprei pensando em custo/benefício/conforto. Ainda acho mais fácil fazer styling em modelos, mas agora aplico os truques da profissão em mim mesma.

Estou inventando mil maneiras para aumentar a versatilidade das peças e multiplicar os looks com elas. Dá uma olhada no que andei “aprontando” nesse sentido, e depois me dá sua opinião:

fe prats look 1

fe prats look 2

fe prats look 3

fe prats look 4

fe prats look 6

fe prats look 5

fe prats look 7

fe prats look 8

Uma mala, viu? 😉

Minha nova “tribo” não é tão minimalista ou desencanada como eu imaginava. Eles também conseguem dar um molho às produções – vou mostrar a galera no próximo post, ok?

Beijos, Fê

sunset

rodape ok fe prats

 
 
 
 

Fe Prats na Eslovênia: Eco chic


 

Liubliana, na Eslovênia será a Capital Verde da Europa em 2016

Meu segundo mês no Remote Year foi na capital da Eslovênia, Ljubljana – um país que eu nunca tinha pensado em visitar e uma cidade com nome complicadinho que conquistou meu coração.

Vem ver por quê…

Em Ljubljana o ar é perfumado, o rio tem um tom de verde que parece aquarela, as ruas são bike friendly e há bicas de água potável espalhadas pela cidade. A qualidade de vida por lá é invejável. Tanto que foi eleita como a capital Eco da Europa de 2016.

dragao simbolo de ljubljana

O que tem de mais genuíno na moda eslovena também tem a ver com sustentabilidade – da escolha dos materiais e versatilidade das peças até o conceito dos pontos de venda.

Adorei conhecer uma loja que funciona como uma cooperativa de designers:

loja cooperativa

Eles trabalham a partir de um modelo de organização agrícola mesmo! Lá conversei com a estilista Neli Strukelj, que criou um vestido e uma bolsa com múltiplas “configurações”.

transform dress

Dá uma olhada nesse vídeo, é demais:

As peças de madeira são outra coisa que bom-ba!!!

wood store

Óculos, bolsas, acessórios dos mais variados…

bolsas madeira2

…Até gravata borboleta:

gravatinhas

Me senti super na trend com minhas armações “handmade in Brasil”

oculos Notiluca solar

Aliás, os eslovenos valorizam muito o artesanal, e aí eu me dei bem por ter dicas de uma insider pra lá de especial – ninguém menos que a embaixadora do Brasil, Katia Gilaberte. Ela me apresentou duas artistas que trabalham com feltro e lã de carneiro, a Spela Oresnik e a Marjeta Fale.

tradicional em feltro

Marjeta recria a tradição com uma pegada mais moderna e seus acessórios já fizeram parte de desfiles na Fashion Week eslovena:

Marjeta s daughter

No atelier comunitário, dá para comprar essas palmilhas que aquecem os pés quando a gente quer usar sapatilha (dica quente, literalmente, para o inverno):

palmilhas feltro

Claro que as redes de fast fashion também marcam presença no país, assim como as marcas mais famosas. Um preservadíssimo edifício construído em 1903 abriga a Galerja Emporium, que tem corners dos melhores estilistas internacionais e, aff, estava em liquida!!!

emporium galerja

Entrei numa loja de bordados só para dar uma olhadinha e o vendedor perguntou meu nome. Enquanto eu me distraía fazendo fotos pra mostrar aqui, ele me preparou este presente:

bordados3

Não é pra amar muito tudo isso?!!

bordados

Me apaixonei pela EsLOVEnia e fiz um resumão sobre minha experiência de passar um mês por lá. Agora estou na Croácia pesquisando o que tem de mais interessante pra dividir com vocês.

Até o próximo post!!!

Beijo, Fe.

chapeu spela selfie

rodape ok fe prats