Homens, o cabelo bagunçado continua com tudo!


 
Messy 4
De uns tempos para cá a moda tem colocado em patamares elevados tudo que remete à praticidade aliada à qualidade de vida.
Tem o vestido camisola, o casaco tipo robe… E, dentre essas ondas que resgatam tendências passadas, uma delas vem fazendo a cabeça de muitos homens. Com uma forte influência dos anos 90, o messy hair – ou cabelo bagunçado – mostra que os homens também tem artifícios de beleza muito bacanas se tiverem vontade de mudar mais ainda seu visual.

(mais…)

 
 
 
 

11 provas de que você não é obrigada a nada


 

Lá vai a revista, a vizinha, a mãe, a amiga, a TV e a consultora de moda dizer o que você pode e o que não pode usar:

1. “Gorda não pode usar roupa justa”

tara lynn gorda calca justa

Não me diga.

2. “Cabelo afro tem que deixar ‘baixinho'”

cabelo afro lindo

Cê jura.

(mais…)

 
 
 
 

Estou amando usar cabelo curto com…


 

1. Batom vermelho – um clássico!:

cabelo curto batom vermelho

2. Mini brinquinhos – delicado e cool (fora que, finalmente, eles aparecem!):

cabelo curto mini brinquinhos

(mais…)

 
 
 
 

Trend Alert!!! “No makeup” makeup


 

É tipo você tá maquiada, mas não parece.

no makeup makeup

(mais…)

 
 
 
 

Testei: Tigi Bed Head Hair Stick


 

Vou falar de cabelo curto DE NOVO.

Sim, estou monotemática, mas é que cortar o cabelo curtinho implica em altas novidades na vida, então tenham paciência comigo. Por outro lado, em quase 6 anos de J&M nunca consegui dar dicas pra mulheres de cabelo curto de uma perspectiva pessoal então também estou aproveitando. E acho que essa galera também pode aproveitar. Fora que inclusive HOMENS de cabelo curto também podem curtir algumas dicas – especialmente no caso da que vim compartilhar hoje.

O que acontece é que, depois do corte, descobri que nenhum dos produtos de cabelo que eu tinha serve mais. A não ser xampu e condicionador, produto de cabelo curto não tem nada a ver com produto de cabelo comprido… Portanto, saí em busca de algo que fosse adequado para o styling do meu novo hair.

Sim, porque embora ele fique bacana ao natural, ele fica mais bacana ainda com a textura definida. Aliás, como todo cabelo curto, masculino ou feminino. Então, é legal ter uma pomada/mousse/pasta/cera ou algo do gênero para dar essa textura.

Fiz uns testes (leia-se: comprei algumas coisas e ganhei um monte de outras dazamiga, tudo linda, obrigada migas), e escolhi MEU PRODUTO PREFERIDO.

cera em bastao bed head hair stick tigi

(mais…)

 
 
 
 

A vida de cabelo curto


 

Pois outro dia falei que queria voltar ao meu cabelo natural cacheado e pedi a opinião de todos, certo?

Ninguém, e veja bem, NIN-GUÉM falou para eu continuar de cabelo liso. Nem nos comentário aqui no blog, nem no Facebook, onde também lancei a pergunta… Foi uma linda surpresa! A idéia de voltar aos cachos agradou a 100% da galera que respondeu minha pergunta.

Agora, quanto ao meio de fazer isso… As opiniões se dividiram. Teve gente que achou melhor ir deixando crescer e se virar com a coisa meio liso/meio enrolado, e teve gente que aconselhou passar a tesoura.

Acontece que eu, muito ansiosa, não aguentei esperar nem 24 horas. No dia seguinte daquele post TCHAU CABELO.

ju ali cabelo curto

(mais…)

 
 
 
 

Cachos: O retorno


 

O possível retorno, quer dizer. O longo e árduo retorno, melhor ainda.

Explico.

Meu cabelo original é cacheado, não é segredo, vira e mexe toco nesse assunto aqui. Já contei que faço alisamento definitivo, já demonstrei a saudade ocasional que vira e mexe sinto dos meus antigos cabelos cheios de ondas

Acontece que agora não estou mais sentindo saudades ocasionais. Agora QUERO MEU CABELO DE VOLTA. Decidi que quero voltar a ser cacheada.

A saudade tomou conta do meu ser (isso é uma música?). Fico aqui me imaginando de novo como eu era há quinze anos. Sim, faz quinze anos que aliso meu cabelo. E nem sei mais como ele ficaria se fosse natural. Nem sei mais se os cachos são como eram! Ah! Quer ver como eram?

ju ali cabelo natural 1

(aqui eu devia ter uns 17 anos)

(mais…)

 
 
 
 

Esqueci do espelho e… Viramos amigos


 

juliana ali

Tenho sentido uma mudança gradativa em mim, acontecendo aos poucos, talvez nos últimos dois anos, em relação a minha auto imagem. Notei mais forte recentemente, desde que mudei de casa.

Aqui, na casa nova, não tinha nenhum espelho de corpo inteiro. O maior era o do meu banheiro, grandão de largura, mas que de altura chega até minha coxa, por conta da bancada da pia. Nos quartos, nada. Logo que mudei, há quase quatro meses, pensei: “Precisamos comprar um espelho pra ver a gente inteirinho, vou providenciar isso urgente”.

Só que até agora ainda não comprei esse espelho. Desde que estou aqui monto meus looks assim, meio sem olhar, só vendo da coxa pra cima e imaginando que “deve estar bom” da coxa pra baixo. E tá ótimo.

Me liguei que tenho me olhado muito menos no espelho. Às vezes passo o dia todo e não me olho no espelho uma única vez. Nem pra ver se o cabelo tá bom, se apareceu alguma espinha, nada. Esqueço. Não penso nisso.

(mais…)

 
 
 
 

Testei: Instantly Ageless, da Jeunesse


 

instantly ageless jeunesse testei

Você já deve ter ouvido falar. Há algum tempo, rolaram uns vídeos na internet mostrando o tal do “botox instantâneo”. Sabe? Você passa nas rugas e elas somem como mágica em minutos?

Pois é. Resolvi testar agora porque o produto chegou oficialmente ao Brasil recentemente. E tenho muito a dizer. Ah! Sempre aviso quando é post de teste: não é publi, ok? Vou falar minhas impressões imparciais, gosto de deixar claro.

Bom, antes de tudo: gostei muito. Só que não é tão simples assim. Não funciona em qualquer ruga, se a ruga é profunda o resultado é melhor, tem jeito certo de aplicar, tem lugar certo pra comprar (tá cheio de falsificação por aí) eita, mil coisas. Por isso vou por partes. Vem comigo.

(mais…)

 
 
 
 

Meu novo corte de cabelo (e os melhores cortes para quem tem cabelo alisado)


 

cabelo ja era

Ontem cortei o cabelo. Mas entenda. Não cortei o cabelo. CORTEI o cabelo. PÁ.

Algumas das perguntas que me fizeram no Snapchat quando mostrei:

“Você já estava planejando faz tempo?”

Se inspirou no corte de quem?”

“Como foi tomar uma decisão radical dessas?”

“Você não vai se arrepender, não?”

OK. Vou contar como foi. E mostrar como ficou, claro.

(mais…)