mamae e carmen

Faz tempo que não conto um pouco sobre a vida aqui com a chegada de Carmen. A pequena já fez 4 meses, domingo passado. 4 meses! Passou voando, pra mim. O que é uma loucura, porque os primeiros meses do bebê costumam demorar uma vida inteira pra passar. É muita novidade e muito sofrimento… Pelo menos foi, no meu caso, quando tive Teodoro.

Mas gente, como segundo filho é diferente. Claro que a personalidade do bebê sempre conta, mas desconfio que Carmen é tão calminha e tranquila porque EU estou calminha e tranquila, isso sim. A pediatra das crianças me disse, outro dia, que o primeiro filho deveria ter o direito de processar a mãe depois que cresce. E devia mesmo! Como eu era tensa e doida quando Teo nasceu! Carmen levou a melhor, tenho trabalhado bem, dormido bem, não me desespero com quase nada e nossa vida tem sido deliciosa.

carmen dorme copy

Pela primeira vez, estou CURTINDO MEU BEBÊ. Não consegui curtir o Teodoro. Estava muito nervosa pra isso. Meu objetivo era conseguir enfrentar cada dia com Teo vivo no final. Ahaahah.

Carmen está grande, saudável e feliz. Ri à toa. Dorme a noite toda desde o primeiro mês, no bercinho dela. Não precisa nem ninar: acostumei a colocar ela no berço ainda acordada, de barriguinha cheia, e apagar a luz dando um beijinho de boa noite. E pronto. Ela dorme sozinha. Com o Teodoro eu já tinha feito isso e também foi um sucesso, agora resolvi repetir.

Até agora, Carmen só tem mamado no peito, exclusivamente. Mas essa semana comecei a introduzir, devagarinho, a mamadeira, para que eu possa voltar a trabalhar normalmente. A intenção não é que ela largue o peito, mas sim que ela consiga variar os dois, para eu poder ficar mais tranquila quando tiver um evento mais longo, por exemplo.

Carmen brinca

Gostaria que ela se acostumasse com esse novo “bico” dentro de dois meses, mas vou te contar: tá difícil. Carmen o-dei-a a mamadeira, mesmo que dentro dela tenha apenas leite materno. Ela não pegou nem a chupeta, acredita? Bom, mas já ouvi falar que isso é super comum e que o bebê tem mesmo que ter um período longo e tranquilo de adaptação para conseguir aceitar a mamadeira. Alguma mamãe aqui já passou por isso? Se sim, me conta, me dá umas dicas!

Enfim, meus amores, estamos todos bem. Teodoro está sendo um ótimo irmão mais velho, protetor e querido.

Teodoro e Carmen

 

Papai Fernando está todo orgulhoso e até o Tio Marco, pai do Teodoro, fica arrumando desculpas para vir aqui e poder ficar um pouco com Carmen, ahahha, apaixonou! Já falei pra mulher dele, a Fabi (que adoro): Agora é com vocês, porque aqui, galera, já encerrei o expediente. Dois filhos tá bom, né?

(Me contem se vocês curtem esses posts mais pessoais, onde só conto da minha vida, porque se for legal pra vocês, faço mais.)