como usar cardiga homens

A história do cardigã é muito interessante: ele foi criado em meados do século XIX por James Thomas Brudenell, o Conde de Cardigan, título herdado do pai. Durante a Guerra da Crimeia, ele não se sentia a vontade com os grossos pulôveres de tricô e costurou seu próprio e primeiro cardigã.

Podemos dizer que a peça está associada a conforto e praticidade. Mas, durante muito tempo, foi sinônimo de roupa do vovô. Para desmistificar essa idéia, sugiro para vocês alguns looks e dicas.

Para o ambiente de TRABALHO o cardigã pode sim substituir o blazer – claro, se o código de vestimenta da empresa permitir.

cardiga trabalho

Nesse caso, escolha cores sóbrias e modelos sem detalhes (como aplicações ou qualquer outro item que chame atenção). Com camisa branca, gravata e calça de alfaiataria, o cardigã pode lhe render uma boa imagem. E, se seu estilo for mais moderno, você também pode brincar com estampas na gravata.

DC 1

Já para os dias de LAZER você pode usar e abusar das cores e texturas:

jacquard e etnico

Os trabalhos em jacquard formam ótimos desenhos e deixam o visual mais descontraído. E os que mais estão em alta nessa temporada são os com motivos étnicos. Lembre-se de que, ao usar uma peça chamativa, o ideal é equilibrar o visual usando outras mais clássicas, principalmente se seu estilo for básico.

E você já pensou em usar um cardigã numa tarde fresca na PRAIA?

cardiga na praia

Pois bem, os modelos feitos em malha fina podem ficar ótimos com camisetas e bermudas. Arremate com sandálias de dedo ou alpargatas: o resultado é super estiloso.

Para os mais GORDINHOS, o contraste entre o cardigã aberto e a camiseta pode emagrecer visualmente. Fica a dica!

cardigan gordinho

Pronto! Uma peça que tem um ar vintage ganha modernidade rapidinho.

Beijos e até semana que vem!

Fabio.

rodape fabio paiva